Ashley Biden confirma que o seu diário, em que descreve duches “inapropriados” com o pai Joe Biden, é real.

Uma carta assinada por Ashley Biden à juíza do Tribunal Distrital dos EUA, confirma a validade do diário da filha de Biden, no qual recorda ter tomado banho nua com o pai quando era jovem.

EUA: Auditorias revelam fraude nas presidenciais de 2020 com impacto decisivo na eleição de Joe Biden.

Foram divulgadas esta semana duas auditorias às eleições presidenciais de 2020, com conclusões bombásticas que comprovam aquilo que o ContraCultura já por várias vezes afirmou: Joe Biden não é um presidente legitimamente eleito.

Traição completa: Speaker republicano Mike Johnson aprova 61 mil milhões de dólares de ajuda à Ucrânia e faz um favor eleitoral a Joe Biden

O speaker da Câmara dos representantes, Mike Johnson, que é republicano só de nome, entregou no sábado ao Presidente Joe Biden um presente de 61 mil milhões de dólares de ajuda à Ucrânia, que pode contribuir decisivamente para a sua reeleição.

Joe Biden pode salvar a democracia, resolver a crise da imigração e ganhar a guerra na Ucrânia. Fazendo recurso aos canibais do Haiti.

O Presidente Joe Biden pode salvar a democracia, resolver a crise dos migrantes e trazer a paz à Ucrânia de uma só vez, se reforçar as forças do regime Zelensky com os canibais haitianos e os terroristas islâmicos que entram às carradas pela fronteira sul dos EUA.

Para além de Pinóquio: Joe Biden continua a afirmar que circum-navegou o planeta com Xi Jinping.

Joe Biden não consegue parar de contar a história falsa de ter dado a volta ao mundo com Xi Jinping. Mas mesmo que a ficção fosse real, por que raio tanto se orgulha o presidente dos EUA de fazer milhares de quilómetros na companhia do ditador chinês?

Departamento de Justiça dos EUA prende informador do FBI que acusou Joe Biden de aceitar subornos de uma energética ucraniana.

O Departamento de Justiça dos EUA prendeu um informador do FBI que denunciou os esquemas de corrupção da família Biden. Se alguém tinha dúvidas sobre a república das bananas em que se transformou a federação americana, talvez agora as perca.

Enquanto democratas entram em pânico com o estado mental de Joe Biden, Kamala Harris declara: “Estou pronta para servir!”

Numa manifestação recordista de lealdade institucional, Kamala Harris já está em pulgas e bicos dos pés para substituir o seu chefe demente, afirmando-se "pronta para servir". Considerando as suas capacidades intelectuais, que Deus nos guarde de tal sorte.

Sondagem: Quase 90% dos americanos acha que Joe Biden não está apto a cumprir o seu cargo.

Enquanto Joe Biden gasta milhões num anúncio transmitido durante a Super Bowl para se queixar do tamanho das porções dos gelados, uma sondagem da ABC News revelou que quase 90% dos americanos pensa que ele não está apto para servir como Presidente.

Sondagem: Donald Trump abre vantagem de 10 pontos sobre Joe biden.

Novos dados sugerem que o magnata de Queens pode voltar à Casa Branca: Donald Trump tem uma vantagem de dois dígitos a nível nacional e bate Biden em sete estados chave. Mas Robert F. Kennedy Jr., o "independente" controlado pela CIA, pode baralhar as contas.

Finalmente: Câmara dos Representantes inicia processo de impugnação de Joe Biden.

O processo de impugnação de Joe Biden não vai ter efeitos práticos para além do impacto mediático no ciclo eleitoral que se avizinha. Mas justifica-se plenamente, dado o amplo leque de evidências de corrupção do senil e sinistro inquilino da Casa Branca.

Empresa de Hunter Biden ligada à China fez pagamentos mensais directos a Joe Biden.

Mais uma prova material de que Joe Biden é capaz de ser o mais corrupto dos líderes políticos na história universal da infâmia. Mas o que realmente impressiona é que tenha sobrevivido aos escandalosos factos, que só não vê quem não quer ver.

Mãos na massa: Comité da Câmara dos Representantes revela um pagamento directo a Joe Biden, branqueado através do seu irmão.

O Comité de Supervisão da Câmara dos Representantes revelou na sexta-feira documentos referentes a um pagamento directo a Joe Biden, que faz prova inequívoca de tráfico de influências praticado pelo actual inquilino da Casa Branca.

EUA: Maioria republicana da Câmara dos Representantes abre inquérito para destituição de Joe Biden.

Mais um momento de circo no Capitólio: um inquérito de destituição que toda a gente sabe que vai resultar em coisa nenhuma. E não por falta de provas de corrupção contra a família Biden, que são inúmeras. A vontade política é que escasseia, no pântano de Washington.

Advogados de Hunter ameaçaram forçar Joe Biden a testemunhar a menos que se chegasse a um acordo judicial.

Os advogados de Hunter Biden estão a jogar uma espécie de roleta russa com o Departamento de Justiça, ameaçando obrigar o Presidente Joe Biden a testemunhar num qualquer e mais que provável julgamento criminal contra o seu filho.

Sócio de Hunter Biden confirma que Joe Biden mentiu sobre o conhecimento que tinha das negociatas do filho.

Joe Biden era "a marca" que o seu filho vendia em todo o mundo para enriquecer a família. E o actual presidente dos EUA mentiu sobre o seu envolvimento nas mais que duvidosas negociatas que Hunter concretizou entre Washingotn, Pequim, Kiev e Moscovo.

Joe Biden informa o mundo: “temos poucas munições.”

Numa entrevista à CNN onde tentava justificar a entrega de bombas fragmentárias à Ucrânia, Joe Biden deixou escapar o facto das forças militares americanas estarem a ficar curtas de munições. Uma informação que as potências rivais dos EUA muito agradecem.

Testemunhos de informadores do IRS mostram a real dimensão da fraude eleitoral em favor de Joe Biden.

A fraude eleitoral nas presidenciais de 2020 está hoje à vista de toda a gente. E os testemunhos prestados ao Congresso dos EUA por dois informadores do IRS revelam claramente que o deep state de Washington esteve intimamente ligado à manobra.

Tucker Carlson e o “aspirante a ditador” Joe Biden.

Depois de ter feito uma condenação épica do "deep state" no episódio anterior, Tucker Carlson dedicou o quarto episódio do "Tucker On Twitter" ao seu antigo empregador - a Fox News - e ao "aspirante a ditador" Joe Biden. Um monólogo imperdível.

Departamento de Justiça dos EUA acusa Donald Trump, horas depois das notícias de suborno a Joe Biden.

Logo depois de sabermos que o FBI omitiu durante anos a informação de que Biden poderá ter sido subornado, Trump foi acusado de má gestão de documentos confidenciais e deve entregar-se a um tribunal federal já amanhã.

Joe Biden implicado em esquema de suborno de energética ucraniana.

Enquanto vice-presidente, Joe Biden terá recebido 5 milhões de dólares da Burisma Holdings, onde o seu filho Hunter Biden mantinha um cargo de direcção.

A acreditar no NYT, Joe Biden cumpre os mínimos olímpicos do salto em comprimento.

O New York Times é de tal forma um jornal de referência que toda a gente que o lê vai ficar com a certeza absoluta que se Joe Biden não tivesse o emprego que tem, estaria a defender as cores dos EUA nos próximos jogos olímpicos.

Documento interno do FBI:
Joe Biden envolvido num “esquema de suborno com um cidadão estrangeiro”.

Joe Biden e a sua família estão a ser alvo de um crescente número de denúncias de corrupção comunicadas ao Congresso americano, embora até agora nada tenha acontecido de relevante em termos judiciais.

Joe Biden: 15 mentiras num discurso só.

No discurso sobre o estado da União proferido na Terça-feira no Congresso, Joe Biden mentiu pelo menos 15 vezes. Um exercício recordista nos jogos olímpicos da aldrabice.

Serviços secretos chineses acederam aos documentos classificados de Joe Biden?

O escândalo dos documentos classificados de Joe Biden agravou-se com a descoberta de que o seu filho Hunter a eles teve acesso quando vivia na residência de Wilmington, e numa altura em que facturava milhões em negociatas com executivos ligados aos serviços de inteligência chineses.

Joe Biden: uma máquina de fabricar mentiras #02

O demente senil que por estes dias reside na Casa Branca não sabe abrir a boca sem aproveitar a ocasião para inventar aldrabices. Eis um resumo detalhado da ficção que inventou sobre o seu próprio percurso biográfico.

Documentos Classificados:
o derradeiro desastre de Joe Biden?

Materiais classificados - incluindo ficheiros ultra-secretos - que Joe Biden deixou na garagem da sua residência e num think tank em Washington foram agora descobertos. O caso, já entregue pela Procuradoria-Geral a uma comissão de inquérito independente, pode acabar por ser bicudo.

Joe Biden: quem se opõe a cirurgias de mudança de sexo em crianças é racista.

O Presidente Joe Biden sugeriu na terça-feira que aqueles que criticam as cirurgias de mudança de sexo e as terapias hormonais em crianças são racistas, anti-semitas e homofóbicos. Porque "está tudo ligado", diz ele.

Joe Biden: uma máquina de fabricar mentiras

Entre falsas afirmações e alucinações transformistas sobre tudo e mais alguma coisa, Joe Biden preenche muitas das suas aparições públicas com rábulas sobre si próprio que são completamente inventadas.

Surrealista: Itália ‘populista’ e Grécia ‘conservadora’ vão receber os imigrantes de Biden.

Contado ninguém acredita: A Itália da 'populista' Giorgia Meloni, e a Grécia, cujo governo prometeu um rigoroso controlo da imigração, vão começar a receber migrantes directamente da América Latina para aliviar a pressão sobre a fronteira sul dos EUA.

Falcão demente: Biden encoraja Zelensky a atacar a Rússia com armas americanas.

Joe Biden autorizou a Ucrânia a usar armas fornecidas pelos EUA para atacar certas áreas do território russo. A decisão representa uma intensificação significativa da guerra por procuração do Ocidente com a Rússia.

Mais de metade dos imigrantes da era Biden está desempregada.

Novos dados do Centro de Estudos da Imigração norte-americano revelam que apenas 46% da população imigrante que entrou nos EUA nos últimos 3 anos está empregada. Sob a presente administração entraram nos EUA cinco milhões de imigrantes.

Biden acusa os japoneses de xenofobia por recusarem políticas de imigração em massa.

Joe Biden afirmou que o Japão está a enfrentar dificuldades económicas porque é um país “xenófobo” que se recusou a aceitar a migração em massa. Porque não há nada melhor para a economia de um pais do que a entrada de 5 milhões de ilegais em pouco mais de 3 anos.

Pressão do Regime Biden sobre a imprensa corporativa já está a incomodar até os comissários do New York Times.

Quando até o primeiro órgão de propaganda dos democratas começa a recusar a pressão soviética do regime Biden, percebemos que na Casa Branca se instalou o pânico.

O mal amado: Biden é o presidente americano com um índice de aprovação mais baixo desde a II Guerra Mundial.

A figurinha demente que preside aos destinos da federação americana é amada por ninguém. Mas na verdade todos sabemos bem - ou suspeitamos - que em Novembro será 'eleito' para ser detestado por mais quatro anos.

Imbecis ao poder: Principal conselheiro económico de Biden não sabe como funcionam a Reserva Federal, o Tesouro e a dívida nacional americana.

Jared Bernstein, presidente do Conselho de Consultores Económicos de Joe Biden, parece ignorar completamente a forma como a Reserva Federal e o Departamento do Tesouro dos EUA trabalham em conjunto para influenciar as condições macroeconómicas do país.

Na América de Biden, o FBI faz visitas ao domicílio para policiar crimes de pensamento.

O FBI está a fazer visitas domiciliárias em resposta a publicações nas redes sociais consideradas ofensivas. Este policiamento do "pensamento errado" foi exposto em vários vídeos que circulam na web.

Biden pondera declarar ‘emergência climática’ em ano de eleições.

A administração Biden está a ponderar decretar uma 'emergência climática' em ano de eleições. Não é por acaso: os poderes que dessa 'emergência' decorrem, se interpretados de forma conveniente ao regime, podem influenciar os resultados eleitorais.

Imigrantes ilegais são instruídos a ‘votar Biden’ em folhetos encontrados nas instalações de uma ONG no México.

Se os imigrantes ilegais não podem votar nos Estados Unidos, porque é que os folhetos de uma ONG que os ajuda a passar a fronteira do México recomendam o voto em Joe Biden?

Milhões de teóricos da conspiração: 54% dos americanos acham que Biden está a importar eleitores para criar uma maioria democrata permanente.

Segundo uma recente sondagem da Rasmussen, dezenas de milhões de americanos são teóricos da conspiração que acreditam que o regime Biden está a utilizar a imigração ilegal para alterar os históricos equilíbrios eleitorais dos EUA.

Biden institui regra para impedir Trump de demitir comissários do regime.

O regime Biden anunciou uma regra que procura impedir a remoção de certos funcionários federais dos cargos politicamente sensíveis. Mais uma tentativa de bloquear o poder executivo de Trump, caso seja eleito em Novembro.

Jill Biden compara oposição à pornografia gay nas escolas ao nazismo.

No débil raciocínio de Jill Biden, não há democracia sem pornografia gay nas escolas. E aqueles que se opõem a que os seus filhos seja sujeitos a essa barbaridade são como os nazis que queimavam livros para entreter o tédio.

A CIA interferiu na investigação a Hunter Biden, impedindo o depoimento de várias testemunhas de acusação.

De acordo com um depoimento prestado ao Comité Judicial da Câmara dos Representantes, a CIA impediu os funcionários do fisco e do Departamento de Justiça de entrevistar várias testemunhas durante a investigação original sobre Hunter Biden.

Biden declara o Domingo de Páscoa “Dia da Visibilidade Transgénero”.

O Presidente Joe Biden proclamou o dia 31 de Março de 2024, Domingo de Páscoa, como o "Dia da Visibilidade Transgénero". A proclamação e a sua retórica parecem ter sido intencionalmente concebidas para ofender os cristãos.

Acreditem ou não: Regime Biden exige que profissionais do sexo transmitam livremente o HIV.

É difícil de acreditar, mas o Departamento de Justiça do regime Biden está envolvido numa guerra legal com o Tennessee por causa de uma lei estadual que criminaliza a prostituição por indivíduos que sabem ser portadores do vírus da imunodeficiência.

EUA: Discurso de Biden sobre o estado da União “foi o mais sombrio e anti-americano de sempre”.

Para além dos conflitos que alimenta no Mar Negro e no Médio Oriente, o regime Biden está em guerra com o seu próprio país. E o sinistro discurso sobre o estado da União que o Presidente proferiu no Congresso na quinta-feira é disso evidência material.

Um meme que se escreve sozinho: Hunter Biden diz que está sóbrio para ‘salvar a democracia’.

Para variar, eis um momento hilariante, mas factual, da actualidade política: o desgraçado drogadito que o mundo conhece por Hunter Biden afirmou ontem que está a tentar manter-se sóbrio para 'salvar a democracia'.

New York Times publica um artigo de opinião apelando a que Biden se afaste e permita a candidatura de outro democrata.

O New York Times descobriu agora que o seu estimado Presidente é um velho demente que já devia estar num lar desde 2020 e publicou um artigo apelando a que Biden se afaste e permita outra candidatura às presidenciais de 2024. O texto tresanda a medo. De Trump.

Biden não vai ser acusado de tratamento incorrecto de documentos classificados porque… Está senil.

A senilidade de Joe Biden é de tal forma flagrante que o procurador nomeado para o acusar de tratamento incorrecto de documentos confidenciais considerou-o inimputável. E as recentes declarações do Presidente dos EUA só reforçam essa conclusão.

Texas desobedece ao Supremo Tribunal e está em guerra aberta com o regime Biden, a propósito da fronteira com o México.

O Texas e o regime Biden travam neste momento um perigoso braço de ferro sobre a fronteira com o México. Há inclusivamente tropas estaduais e federais no terreno que rapidamente se podem envolver num conflito explosivo. Guerra Civil 2.0?

1 em cada 3 americanos acha que Biden é um presidente “ilegítimo”, incluindo 1 em cada 10 democratas e 70% dos republicanos.

A Casa Branca está embrulhada num ciclo de más notícias que parece não ter fim. Até o Washington Post já divulga sondagens onde percebemos que um terço dos americanos - e 10% dos democratas - consideram Joe Biden um presidente ilegítimo.

Equipa da campanha presidencial de Biden em revolta, exige pressão sobre Israel para cessar-fogo e libertação de prisioneiros.

O staff da campanha presidencial de Biden critica a posição moral da Casa Branca em relação ao conflito do Médio Oriente, sugerindo que as políticas pró-israelitas do regime Biden podem deitar tudo a perder nas eleições de 2024.

Regime Biden aprova o novo governo globalista da Polónia, que está a prender os seus opositores políticos.

Enquanto Biden diz que um governo que prende opositores políticos é "muito bom", a embaixada dos EUA em Varsóvia tem financiado activamente os globalistas que estão a instalar uma feroz tirania na Polónia. Não podemos acusar a Casa Branca de incoerência.

Regime Biden vai perseguir judicialmente milhares de americanos que nem sequer entraram no Capitólio a 6 de Janeiro.

A época de caça aos manifestantes de 6 de Janeiro não parece ter fim e o regime Biden já nem tem qualquer problema em anunciar que está agora a perseguir judicialmente cidadãos que nem sequer entraram no Capitólio.

EUA: População nascida no estrangeiro aumenta para 49,5 milhões, sob o regime Biden.

Sob o regime Biden entram nos Estados Unidos, legal ou ilegalmente, 137.000 imigrantes por mês. Até Barack Obama se ficava por metade e a percentagem de estrangeiros no corpo demográfico da federação é agora a maior de sempre.

Hunter Biden foi finalmente indiciado por fuga ao fisco e pode ser condenado a 17 anos de prisão.

Hunter foi indiciado por alegadamente não ter pago mais de 1 milhão de dólares em impostos, enquanto levava uma vida "extravagante" de festas, drogas, prostitutas e luxos. E embora o procurador seja um homem do regime, o juiz foi nomeado por Donald Trump.

Ex-analista da CIA: Biden precisa dos conflitos em Israel e na Ucrânia para evitar a prisão.

Biden é refém dos crimes que cometeu nas últimas décadas. E os altos funcionários do seu regime são reféns dos crimes que têm vindo a cometer para encobrir a corrupção da família do Presidente. A guerra é assim uma solução para se manterem no poder e fugirem à justiça.

Sondagem: Robert F. Kennedy Jr. obtém quase um quarto dos votos e dá a Biden mais probabilidades de vencer Trump.

O deep state já tem outro trunfo na manga para impedir a eleição de Donald Trump. A candidatura independente, conduzida por uma ex-funcionária da CIA, de Robert F. Kennedy Jr.

Israelitas interrogam-se: Estará Biden a dissuadir o Irão, ou a dissuadir Israel?

Os israelitas interrogam-se sobre se a decisão de Joe Biden de enviar dois porta-aviões para o Mediterrâneo Oriental se destina a dissuadir os terroristas do Hezbollah de atacarem Israel a partir do Líbano, ou a dissuadir Israel de atacar primeiro.

A sério? Biden compara os terroristas do Hamas a Vladimir Putin.

A retórica de Joe Biden abre precedentes para uma multitude de analogias maniqueístas que a partir de agora todos temos legitimidade para propor: que o avanço da NATO no leste da Europa se assemelha à expansão nazi na mesma zona do globo, por exemplo.

Défice dos EUA duplica enquanto Biden pede mais fundos para a Ucrânia e Israel.

Um relatório da Secretaria do Tesouro revelou no que último ano fiscal as despesas do governo federal aumentaram, enquanto as receitas diminuíram. Ainda assim, Biden quer torrar mais dinheiro em guerras. Até ao dia em que a dívida soberana dos EUA caia na rua.

Candidatos presidenciais do Partido Republicano: Ataques do Hamas a Israel foram “financiados” por Biden.

Os republicanos estão a responsabilizar o regime Biden pelo ataque do Hamas a Israel, já que em troca da libertação de 5 cidadãos americanos a Casa Branca entregou milhares de milhões de dólares ao Irão, que financia e apoia o grupo terrorista.

Sondagem: Trump à frente de Biden por dois dígitos.

Se as eleições presidenciais norte-americanas se realizassem hoje, Donald Trump derrotaria o Presidente Joe Biden por uma margem de 10%, segundo uma sondagem realizada pelo Washington Post e a ABC News.

Google esconde websites de Trump e de outros adversários de Biden.

Gestapo de Silicon Valley: ao pesquisar "sites de campanhas presidenciais", o Google só foi capaz de encontrar a página de campanha de Joe Biden e outras páginas inactivas de vários democratas.

Procurador ucraniano corrobora indícios de corrupção da família Biden: “Sim, estavam a ser subornados”.

Victor Shokin, o procurador ucraniano demitido por investigar a Burisma e os seus negócios com a família Biden, falou pela primeira vez desde 2019 para dizer que está convicto de que o Presidente dos EUA e o seu filho foram de facto subornados.

Biden pede ao Congresso que financie nova vacina contra a Covid.

Sendo que a Covid já há muito que não tem expressão na saúde pública global, resta saber porque raio é que o contribuinte americano tem que financiar as farmacêuticas para desenvolverem uma vacina cujo propósito é, no mínimo, obscuro.

Como a Google tenta afastar os utilizadores das notícias sobre a corrupção dos Biden.

Como se já não bastasse o rotineiro recurso à censura, a Gestapo de Silicon Valley guarda outros truques sujos na manga. E o algoritmo do motor de busca da Google é uma obra prima da desinformação contemporânea.

Biden tenta angariar fundos com a detenção de Trump. E Trump também.

O Presidente publicou um link para um site de angariação de fundos no momento em que o seu rival estava a ser detido na Georgia. Mas Trump também está a utilizar a foto de cadastro que lá lhe tiraram para fazer dinheiro. Não fosse a América a pátria do cifrão.

Sondagem: expressiva maioria dos americanos acha que Biden é demasiado velho para governar o país.

Uma esmagadora maioria dos americanos, 77%, considera que o Presidente Joe Biden, de 80 anos, é demasiado velho para governar eficazmente, de acordo com uma sondagem realizada na segunda-feira.

Putin condenou o seu rival político a uma pena bem mais leve do aquela que Biden quer para Trump.

O que é que se pode dizer sobre o estado da democracia nos EUA quando até o regime Putin é mais brando com os líderes da oposição do que o regime Biden? 

Procurador ucraniano que Biden acusou de corrupção revela detalhes chocantes sobre a sua demissão e a investigação à Burisma.

Viktor Shokin, o procurador ucraniano que foi destituído do cargo sob pressão do então vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, articula sobre as razões da sua demissão, em mais um testemunho eloquente sobre as actividades mafiosas da família Biden.

James Comer: governo federal tem dúzias de relatórios sobre actividades suspeitas dos Biden.

O presidente da Comissão de Supervisão da Câmara dos representantes revelou que o Departamento do Tesouro do governo federal dos EUA tem mais algumas dezenas de relatórios de actividades suspeitas relacionados com a família Biden.

Senador divulga documento bombástico do FBI sobre suborno pago aos Biden no valor de 10 milhões de dólares.

O documento também indica que o patrão da Burisma achava que Hunter Biden era mais estúpido que o seu cão. O que não o impediu de lhe pagar 80.000 dólares por mês por um lugar na Administração da empresa e a troco de "protecção, contra todo o tipo de problemas".

Líderes do Partido Democrata consideram que Biden não tem condições para se candidatar a um segundo mandato.

É óbvio para toda a gente com um neurónio a funcionar que o actual inquilino da Casa Branca já não tinha condições para ser presidente dos EUA em 2020, quando foi eleito. Quanto mais em 2024.

Departamento de Justiça do regime Biden inventa mais um processo judicial contra Trump.

Nenhum ex-presidente na história dos Estados Unidos da América tinha até aqui sido judicialmente indiciado. Com este terceiro processo, é cristalino que o Departamento de Justiça está a cometer o crime de interferência eleitoral de que acusa Donald Trump.

Juiz federal acusa o regime de Biden de actuar como um “orwelliano Ministério da Verdade”.

Um juiz federal acusou a administração Biden de trabalhar em conjunto com as plataformas digitais de comunicação social para censurar opiniões contrárias à narrativa oficial, durante a pandemia Covid-19.

Testemunha ‘desaparecida’ do caso de corrupção dos Biden detalha alegações de suborno num vídeo bombástico.

A "testemunha desaparecida" da investigação do caso de corrupção Biden, o professor israelita Gal Luft, expôs as suas alegações de suborno contra a família do presidente num vídeo extraordinário, filmado num local não revelado, onde permanece escondido.

Biden envia bombas de fragmentação para a Ucrânia, apesar de serem contra a lei dos EUA e proibidas em 120 países.

A Casa Branca vai a entregar munições de fragmentação à Ucrânia. As armas são conhecidas por causar ferimentos graves em civis e proibidas em mais de 100 países, incluindo os EUA. A posição moral do Ocidente fica mais débil a cada dia que passa.

Hunter Biden ameaçou empresário com ligações aos serviços secretos chineses com o “rancor do pai”.

Num texto deveras agressivo, Hunter prometeu que Henry Zhao se iria arrepender se não cumprisse as exigências dos Biden. Essas exigências relacionavam-se alegadamente com 'pôr dinheiro directamente nos nossos bolsos'.

Procuradoria ocultou relatório do FBI segundo o qual a Burisma pagou 5 milhões de dólares aos Biden.

A Procuradoria-Geral de Delaware escondeu dos investigadores do IRS um relatório do FBI segundo o qual a empresa ucraniana de petróleo e gás Burisma terá pago subornos de 5 milhões de dólares a Hunter e Joe Biden.

15 alegações graves dos informadores do IRS contra os Biden e o Departamento de Justiça.

Um resumo dos graves indícios criminais que resultam dos testemunhos que os informadores do fisco reportaram ao Congresso na semana passada e que implicam um eixo de corrupção transversal à família Biden e a todo o sistema judicial americano.

Hunter Biden escapa à prisão, porque os EUA são hoje uma definição de república das bananas.

O filho do Presidente dos EUA vai declarar-se culpado de dois delitos fiscais e assim evitar uma pena de prisão. Porque na América de hoje, só a plebe, ou os opositores do regime Biden, é que são presos por fugirem ao fisco ou adquirirem armas sob falsas declarações.

James Comer: família Biden recebeu 20 a 30 milhões de dólares em pagamentos ilegais.

O presidente do Comité de Supervisão da Câmara dos Representantes, James Comer, revelou na quinta-feira que existem provas de pelo menos 20 a 30 milhões de dólares em pagamentos ilegais efectuados por cidadãos estrangeiros à família Biden.

Regime Biden financia programa que associa conservadores e cristãos a neonazis e terroristas.

Um gabinete de "antiterrorismo" do Departamento de Segurança Interna dos EUA financiou um programa de uma universidade que, na sua candidatura ao subsídio, incluiu um vídeo que associava grupos conservadores e cristãos a neonazis e terroristas.

Regime Biden exige que escolas da Geórgia mostrem pornografia às crianças.

É difícil acreditar, mas a administração Biden acaba de interferir numa disputa sobre conteúdos sexuais em livros escolares na Geórgia, alavancando o poder executivo para silenciar os pais e castigar as escolas que retirem os conteúdos pornográficos das bibliotecas.

Fisco suspende equipa de investigação a Hunter Biden, em acção “claramente retaliatória”.

A autoridade tributária norte-americana retirou a equipa de investigação do processo de fraude fiscal que incide sobre Hunter Biden, em clara retaliação contra o informador que recentemente contactou o Congresso para alegar o encobrimento do caso.

Sobre os escândalos Biden, a imprensa comporta-se como uma imensa agência de propaganda.

O comportamento da imprensa corporativa sobre os sucessivos escândalos da família Biden tem todas as marcas de uma agência de propaganda ao serviço de um regime totalitário. A vontade de omitir, manipular e transformar os factos é por demais evidente. E vergonhosa.

Ex-director da CIA: Biden e Blinken estão por detrás de desinformação sobre portátil de Hunter.

Mike Morrell admitiu perante o Comité Judiciário do Congresso que Biden e Blinken estiveram por trás da infame carta assinada por 51 funcionários dos serviços secretos, sugerindo que o portátil de Hunter Biden não passava de uma operação de desinformação russa.

Procuradores federais estão agora a considerar múltiplas acusações criminais contra Hunter Biden.

Uma surpreendente notícia da NBC News, considerando que se trata de um aparelho de propaganda do regime, revela que os procuradores federais estão a analisar três crimes fiscais e um crime de aquisição de arma de fogo sob declarações falsas, perpetrados por Hunter Biden.

O regime Biden espetou o último prego no caixão do dólar.

Graças a uma combinação única de políticas desastrosas, o reinado do dólar como moeda de reserva mundial está a chegar ao fim e as consequências dessa queda são de carácter apocalíptico para os EUA. E não só.

Denúncia de agente do fisco: Investigação a Hunter Biden está ser mal conduzida.

Um agente de supervisão do IRS que procura protecção das autoridades antes de revelar a sua identidade e aquilo que sabe sobre o processo alega que a investigação a Hunter Biden está a ser corrompida por influência da Casa Branca e cumplicidade dos investigadores.

Regime Biden considera aumento de vigilância nas redes sociais após fugas de informação confidencial do Pentágono.

A Administração Biden está a justificar-se com falhas de segurança do Pentágono, que permitiu que documentos classificados circulassem na web durante semanas, para alargar a sua vigilância das plataformas online.

A verdade sobre as negociatas da família Biden com chineses e ucranianos.

Num mundo normal, Joe Biden, o seu filho e o seu irmão estariam há que tempos encarcerados numa prisão de alta segurança por tráfico de influências, enriquecimento ilícito, traição à pátria e corrupção. Mas não vivemos num mundo normal. Vivemos num mundo governado por criminosos.

Twitter Files: Regime Biden usa agência federal para perseguir Elon Musk e jornalistas independentes.

Elon Musk acusou a administração Biden de "instrumentalização de uma agência governamental" contra ele, como vingança do aparelho democrático por ter divulgado os ficheiros das comunicações internas do Twitter, meses depois de ter adquirido a companhia do passarinho azul.

Eleições de 2024 nos EUA: NBC News e New York Times repetem o embuste da interferência Russa.

À medida que a presidência de Joe Biden fracassa e as eleições se aproximam, a imprensa corporativa norte-americana está a trazer de volta a estafada e comprovadamente falsa aldrabice do conluio russo, a ver se pega, outra vez.

Sondagem: americanos que trabalham mais horas apoiam Trump por uma margem enorme.

De acordo com novos dados do Emerson College, os americanos que trabalham mais horas preferem, de longe, Donald Trump a Joe Biden. E quanto mais horas trabalham, maior é a diferença. Trump é também mais popular entre os eleitores com menores rendimentos.

Scott Ritter: a presidência dos EUA está a ser gerida por pessoas que não foram eleitas para o cargo.

A propósito de um artigo assinado por Joe Biden, e publicado no Washinton Post, mas que o senil Presidente não tem capacidade intelectual para escrever, o ex-marine acusa a actual administração de estar a ser gerida por burocratas que ninguém elegeu.

EUA atacam a Síria. O Pentágono alega “legítima-defesa”.

O Presidente Joe Biden ordenou ao exército norte-americano que atacasse duas instalações no leste da Síria. O Pentágono está a vender o ataque como uma acção de "legítima defesa". Alguém compra o argumento?

SVB: Tucker Carlson reage à segunda maior falência bancária da história americana.

"Estamos a começar a perceber melhor o que quer dizer Joe Biden quando se gaba da recuperação económica mais forte e equitativa da história. O que isto significa é que está na altura de comprar ouro e reservas alimentares."

The Twitter Files: Elon Musk revela interferência da empresa nas eleições presidenciais americanas.

Na passada sexta-feira, Elon Musk e Matt Taibbi revelaram as comunicações internas do Twitter sobre o processo de censura da história do New York Post que desvendava os conteúdos explosivos do computador de Hunter Biden, filho de Joe Biden, dias antes das eleições presidenciais de 2020.

A dúvida não é inimiga da democracia. Muito pelo contrário.

Joe Biden já está a avisar os americanos que as eleições intercalares podem sofrer perturbações e que não lhes será permitido inquirir sobre elas. Como também está a acontecer no Brasil, aqueles que questionam o processo eleitoral são censurados e perseguidos. Mas não é bem assim que a democracia deve funcionar, pois não?